Dicas

Visto Férias-Trabalho da França

Passaporte

Saiba tudo sobre o Visto Férias-Trabalho da França

Conheça o Visto Férias-Trabalho da França, uma ótima opção para jovens que procuram uma oportunidade de trabalhar e passear no país. Muitas pessoas têm vontade de conhecer a cultura, a história, a culinária e tudo mais que há na França. No entanto, o visto de turista acaba não sendo suficiente para isso, por ser muito curto e não permitir trabalhar. Já com o visto de Férias-Trabalho, é possível curtir o melhor da França com mais facilidade.

Vista da Torre Eiffel em Paris

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito na França. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à França vai sair mais barata do que imaginava e você poderá gastar mais para aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre Visto Férias-Trabalho da França.

Programa Férias-Trabalho na França

No início do ano de 2018, o governo francês lançou o visto para o programa Férias-Trabalho, que permite que jovens brasileiros entre 18 e 30 anos passem até um ano trabalhando no país. E o mesmo vale para jovens franceses no Brasil. O objetivo é permitir que eles experimentem a cultura e vida do país, podendo se manter financeiramente nesse período trabalhando.

Passaporte brasileiro

Esse programa já existe há mais de 20 anos em parceria com outros países, como Chile, Canadá e Estados Unidos. No Brasil, ainda não se sabe o número exato de vagas do programa. Mas existe um limite de participantes por ano, pois o governo francês espera uma grande participação de brasileiros. Assim, a ideia é ir aumentando as vagas aos poucos.

Condições para o Visto Férias-Trabalho da França

A exigência principal para o Visto Férias-Trabalho da França é que a pessoa tenha entre 18 e 30 anos. Ademais, é necessário comprovar cerca de 2,5 mil euros ou o equivalente em reais, bem como uma quantidade de dinheiro suficiente para comprar passagem aérea de ida e volta. Outros documentos necessários são:

  • 2 fotos 3,5 x 4,5;
  • Formulário de pedido de visto longa duração preenchido e assinado;
  • Passaporte com validade mínima de 1 ano e 3 meses;
  • Comprovantes financeiros pessoais e extratos bancários comprovando 2,5mil euros;
  • Comprovante de residência no Brasil;
  • Cópia da identidade;
  • Carta de motivação;
  • Currículo;
  • Certificado médico atestando boa saúde;
  • Antecedentes criminais.

Euro na França

Por quanto tempo é possível ficar na França?

Este visto é válido por um ano. Por isso, você, em hipótese alguma, poderá estender ou trocar por outro visto na França. É necessário sair da França após o fim do visto! Além disso, não é possível realizar o pedido de um visto de trabalho durante a vigência deste visto. Por isso, se você busca imigrar para a França, opte por um visto de trabalho direto.

Passaporte e passagem para França

Como pedir o Visto Férias-Trabalho?

Para pedir o visto, não é necessário pagar nenhuma taxa. É preciso apenas fazer o agendamento no site do consulado e levar todos os documentos, bem como o formulário preenchido. Então, o pedido pode ser feito no Consulado da França no Rio, em São Paulo ou no Recife. Vale lembrar que é preciso levar todos os documentos originais e uma cópia de cada documento.

É necessário falar francês?

Não é necessário saber falar francês como pré-requisito do visto. No entanto, é ótimo saber um pouco mais da língua para aumentar as chances de trabalhar no país. Por isso, caso você tenha habilidades na língua, ressalte isso em seu currículo e anexe um comprovante aos documentos levados ao consulado.

Museu do Louvre em Paris

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre Visto Férias-Trabalho da França, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Dica para usar o celular à vontade na França e na Europa

Poder usar seu celular em Paris, na França, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à França nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. O metrô de Paris, o Museu do Louvre, a Torre Eiffel e todos os outros pontos turísticos possuem aplicativos incríveis para os turistas. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre Visto Férias-Trabalho da França quando estiver lá.

Dica para usar o celular à vontade na França e na Europa

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à França

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus da França é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para a França todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à França

Dicas para o aluguel de carro na França

Uma dica legal é que para conhecer bem as regiões da França é essencial alugar um carro, principalmente quando a ideia é conhecer as cidades do interior ou a famosa Costa Azul, a costa do Sul da França, com cidades lindas como Cannes, Mônaco e Nice. Elas são todas próximas e o carro facilita muito a viagem entre elas e é a forma mais fácil de se locomover por lá, sem falar que as estradas são lindas, você consegue ir ás praias paradisíacas mais afastadas e tem várias outras cidades legais para incluir no roteiro como Marselha, Lyon, Versalhes e a própria Paris. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro na França com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível, usando comparadores de preços excelentes e tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Veja outras matérias imperdíveis para quem vai viajar à França:

O que fazer em Paris: Principais atrações, passeios e lugares de Paris na França.

Como economizar muito na França: Dicas incríveis para economizar em tudo em Paris.

Como alugar um carro na França: Dicas sobre o aluguel e como achar preços incríveis.
Tags:

6 comentários

  1. Bom dia, tudo bem? Tenho dúvidas quanto à esse visto.
    Ao fim dele , posso retornar ao Brasil e solicitar algum outro visto?

    1. Ei, Carlinha! Ao retornar, você deve voltar ao Brasil e pode solicitar qualquer outro visto, como o de estudos, por exemplo.

  2. Olá, obrigado pelas dicas!
    Uma dúvida que não ficou claro pra mim no site da embaixada: é necessário apresentar o seguro viagem no momento de tirar o visto? Ou posso contratá-lo somente após ter certeza de que o visto foi concedido?

    Obrigado!!

    1. Olá, Danilo! O seguro precisa ser contratado antes de realizar o pedido do visto. Mas você pode contratar um seguro com cancelamento gratuito. Dê uma olhada nas nossas opções de seguro viagem com cancelamento.

  3. Tenho uma viagem pra França marcada pra dia 5 de dezembro. Posso ir pra lá mesmo se o visto ainda não tiver saído? E uma outra coisa, quem me “banca” é meu pai, serve ser o comprovante bancário dele ? Obrigada !!

    1. Olá, Odara, para o Visto-Férias trabalho é necessário ter o valor pedido em conta bancária, então, nesse caso, seu pai poderia transferir o dinheiro para sua conta. Você pode ir sem o visto, uma vez que os brasileiros possuem o direito de ficar 3 meses na Europa sem visto. No entanto, você não poderá trabalhar e será apenas uma viagem de turismo. E lembre-se: o passaporte fica retido durante os 15 dias da emissão do visto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *